"As coisas mais difíceis de se ver são as que estão debaixo de nossos olhos." V. G. Rossi

O Homem, o Menino e o Burro

Um pai andava pelas ruas com seu filho e um jumento. O pai ia montado no animal, enquanto o filho o conduzia, puxando o burrico por uma corda.

- Pobre criança! - exclamou uma pessoa na rua. - Uma criança tão pequena se esforçando tanto! Como pode o pai ficar ali sentado tão calmamente em cima do burro, vendo o menino virar um farrapo de tanto correr?!

O pai tomou a sério a observação, desmontou do jumento na esquina seguinte e colocou o menino sobre a sela. Não passou muito tempo, outro passante ergueu a voz para dizer:

- Que absurdo! O pequeno fedelho vai lá sentado como um sultão, enquanto seu velho pai corre ao lado.

Esse comentário, magoou o menino, e então ele pediu ao pai que montasse também no burro, às suas costas.

- Onde já se viu uma coisa dessas! - resmungou uma mulher que passava. Tamanha crueldade com os animais! O lombo do pobre jumento já está envergando. Como pode esse velho e seu filho usarem o animal como se ele fosse um sofá? Pobre criatura!

O pai e o filho se entreolharam e, sem dizer uma palavra, desmontaram. Entretanto, mal tinham dado alguns passos, outro estranho fez troça deles:

- Graças a Deus não nasci tão otário assim! Por que vocês dois conduzem esse jumento se ele não lhes presta serviço algum, se nem mesmo serve de montaria para um de vocês?

O pai colocou um punhado de palha na boca do jumento, pôs a mão sobre o ombro do filho e disse:

- Independente do que fazemos, sempre há alguém discordando da nossa atitude. Acho melhor nós mesmos determinarmos o que é correto.

Comentários   

0 #1 samy 19-08-2010 13:11
:-* muito diferente da de esopo
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

IBC

banner-descubra-pnl-v3 ibc

Anúncios Google

IBC

banner-descubra-pnl-v3 ibc

Thalentos

thalentos 2014

Ideah

Instituto Ideah

Metáforum

metaforum2016

Depoimentos dos Visitantes