"As coisas mais difíceis de se ver são as que estão debaixo de nossos olhos." V. G. Rossi

Fazendo do Natal uma postura de vida

Parece que os comentários são os mesmos: “Meu Deus, como passou rápido! E de repente já é Natal! O ano passou voando! 

O que estamos fazendo com o nosso tempo?”

É que muitas vezes, nem percebemos, mas vamos nos tornando um “FAZER” humano, ocupando todos os pedacinhos e retalhos de tempo com atividades diversas, sem priorizar um momento para perceber que direção estamos dando para nossa vida, para “SER” humano. Nesse ritmo acelerado, a vida acontece de forma automática. Com uma agenda lotada e apesar da sobrecarga de afazeres, muitas vezes, experimentamos um vazio dentro do peito. A correria é tanta que esquecemos de cuidar da casa interna, de respirar conscientemente e voltar para nosso eixo e sentir quanta paz habita em nós.

E, assim vamos nós... Em um corre-corre diário, com a mente tumultuada de pensamentos confusos, o corpo cansado, experimentando saúde precária e uma sensação de solidão mesmo rodeado de gente e “amigos virtuais”.

O fato de não conhecermos quem somos e não nos permitir entrar num processo introspectivo, nos desconecta de nossa própria essência, de nossa fonte.

O convite de voltar para casa significa encarar o desconhecido... E isso não é nada encorajador. E como poderíamos mudar tudo isso e dar um significado maior ao nosso viver? Eu fico me perguntando, de que forma podemos fazer com que o espírito de natal não se resuma apenas em um dia ou uma noite comemorativa? Como podemos fazer o verdadeiro sentido do natal se tornar presente durante todos os dias do ano? Como viver o verdadeiro propósito do natal a cada dia?

Com certeza isso requer um trabalho maior... Se decidíssemos tornar o Natal um jeito de caminhar pela vida, através de atitudes amorosas positivas, aí seríamos verdadeiros mensageiros de paz e esperança?

E, se exercitássemos a gratidão, cessando todas as críticas, fazendo solicitações no lugar de reclamações? E se essa prática fosse constante, um hábito, acompanhada pela humildade e respeito ao próximo?

E, se em vez de uma lista de presentes, fizéssemos uma lista de presença das pessoas que queremos oferecer nossa verdadeira presença, senti-las mais próximas, derrubando os muros das mágoas e ressentimentos e estreitando as relações oferecendo a qualidade de nossa atenção de forma inteira e plena?

E se nós agasalhássemos o coração do próximo com nossa ternura e aceitação, com o mesmo carinho que embalamos, com um lindo papel de natal, um presente para uma pessoa querida, deixando-a segura de nosso amor?

E se fôssemos no bazar de nosso coração e escolhêssemos no rico e abundante estoque que existe em nós, dozes de compreensão, respeito, perdão e carinhosamente ofertássemos às pessoas que nos são caras, através de atitudes amorosas e sábias?

E se nós permitíssemos nos reinventar a luz de uma sabedoria maior, abrindo mão de nosso egoísmo, de atitudes mesquinhas gerando novas atitudes, nos transformando em canal de luminosidade e esperança.

E se abríssemos mão de nossa consciência de vitima, superando de cabeça erguida os obstáculos, nos mantendo fortes diante das mudanças do tempo, e tornássemos responsáveis e protagonistas de nossa própria vida?

E se abandonássemos mágoas e ressentimentos, expulsando o rancor, ficando apenas com o aprendizado das experiências transformando escuridão em claridade, inimigo em mestre?

E se distribuíssemos sorrisos e alegria e permanecêssemos com o coração puro, abraçando mais, dando muito carinho e atenção como faz Papai Noel levando esperança e alegria pra tantos corações?!

E se com simplicidade e humildade recebêssemos o outro na casa do nosso coração contagiando-o com nossa alegria, nutrindo-o com doses enormes de amor e envolvendo-o com nossos mais puros sentimentos.

Assim, vejo que realmente podemos entregar ao mundo a nossa melhor versão. Projetar a nossa luz, anunciando palavras de fé e esperança, elevando nosso nível de consciência e gerando mais energia, luminosidade e paz para o planeta.

Autor(a):

IMG 1448 Luiza Lopes é educadora, consultora de empresas e especialista em Programação Neurolinguística.



Referencia: Indesp - Instituto de Desenvolvimento Pessoal

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

IBC

banner-descubra-pnl-v3 ibc

Anúncios Google

IBC

banner-descubra-pnl-v3 ibc

Thalentos

thalentos 2014

Ideah

Instituto Ideah

Metáforum

metaforum2016

Depoimentos dos Visitantes