"Para que um grande sonho se torne realidade, você precisa primeiro de um grande sonho." Hans Seyle

Como “ser” vendedor

Convencer uma pessoa de que seu produto, serviço ou ideia é o melhor com tanta competitividade no mercado atual não é tarefa simples. Mas está longe de ser impossível. As pessoas acham que vender é um bicho de sete cabeças, mas o truque está na coerência, em manter as coisas mais fáceis e simples e, principalmente, em ser honesto!

Uma pergunta que ouço com frequência é "o que faz um vendedor de sucesso?". A resposta é simples: a mesma coisa que faz treinadores, professores e gerentes eficazes. Para começar, bons vendedores são pessoas auto-motivadas, impulsionadas por suas paixões, suas habilidades e seu propósito. Elas se conhecem tão bem que não precisam se explicar ou se justificar para os outros; seu comportamento fala mais alto. Elas simplesmente são.

Além disso, essas pessoas contaminam, no bom sentido, com o que alguns chamam de carisma e outros, de energia. Elas não precisam tentar vender nada: sua presença vende. E entendem perfeitamente a máxima "ninguém é bom em tudo, mas todos são bons em alguma coisa", construindo estratégias para melhorar seus pontos fortes e delegando as tarefas em que não são experts a quem entende melhor do assunto. Elas sabem que o seu nicho é desenvolver os seus próprios "conhecimentos" sobre si mesmo, ser melhor do que já são agora todos os dias em todos os momentos.

Esses vendedores não têm medo de trabalho duro, porque o que fazem nem é trabalho, é sua paixão. Sabem que quando as coisas não saem do jeito que espera... tudo bem, isso faz parte do processo e não esperam perfeição, mas fazem e esperam otimização. Ao mesmo tempo, têm expectativas elevadas para consigo e com os outros: entendem que o equilíbrio é que os guia para o sucesso.

Eles estão em constante aprendizagem, não só a partir de livros e cursos, mas a partir de experiências. São ótimos observadores de seu ambiente e podem calibrar as intervenções e intenções muito bem, com muita elegância. Também não têm medo de errar e sabem dizer, com confiança, "não sei mas quero aprender mais sobre isso e quero agora!".

São pessoas cujo comportamento é coerente e congruente, que não desistem. Isso não significa que sejam inflexíveis ou que não mudem de ideia, mas só o fazem depois de muita pesquisa. São simples e não desperdiçam recursos, mantendo as coisas necessárias e funcionais. São honestos e entendem a desonestidade; estão preparados para lidar com ela. Elas têm estratégias para avaliar oportunidades e sabem de antemão que a sorte é simplesmente o encontro da preparação e da oportunidade.

Espero que você tenha muitos destes pontos citados acima. Se não, que tal treinar para adquirir todos eles? Para conseguir melhores resultados em vendas, basta ser tão apaixonado pelo que se faz a ponto de se transformar nisso. É querer mais que estar vendedor, e sim ser um vendedor. Isso é ser congruente, e mantém um profissional à frente dos demais. O sucesso é consequência. Logo, logo ele chega aí.

Comentários   

0 #5 Keila 03-01-2011 12:22
Oi Alexandre

a sua abordagem foi perfeita, adorei, sinto essa paixão pelo meu trabalho... me encontrei nas tuas palavras!!
Citar
0 #4 ana paula 29-11-2010 22:38
ser um vendedor ´´muito bom ...
gostei muito...
Citar
0 #3 lene 04-10-2010 14:15
Adorei....super alto astral,sou vendedora e estou muito mais confiante em mim mesma...
Citar
0 #2 Luiza 19-08-2010 10:48
:lol: Muito bom poder aprimorar minha atuação nas vendas!!!
Citar
+2 #1 Marcia Lucas 25-07-2010 08:43
Oi, Alexandre!
Sou vendedora e faço com paixão. Os clientes notam e me falam dessa "energia" que você citou! Gostei muito da sua abordagem! :lol:
Citar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

IBC

banner-descubra-pnl-v3 ibc

Anúncios Google

IBC

banner-descubra-pnl-v3 ibc

Thalentos

thalentos 2014

Ideah

Instituto Ideah

Congresso PNL 2017

banner-congresso

Depoimentos dos Visitantes

"Gostei muito! " Indianara